sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

MENSAGEM DE ENTENDIMENTO SOBRE O FIM DO MUNDO E A VOLTA DE CRISTO



De vez em quando temos visto nos noticiários escrito, televisionado, na mídia, as pessoas falando sobre o tema  o “fim do mundo”, pessoas marcando datas, anunciando profecias, construindo abrigos para se proteger, temos visto os mais variados absurdos. Recentemente esse tema foi assunto “prato cheio” para a empresa, pois o mundo estava atento a uma profecia de um povo chamado Maia, que anunciava que o fim do mundo ocorreria no dia 21 de Dezembro de 2012, já estamos em fevereiro de 2013 e o mundo ainda não acabou e por que não acabou, naquela data profetizada pelos os Maias? Qual o nosso entendimento sobre esse assunto? Quando o mundo vai acabar realmente? Quando é que Jesus vai voltar? Qual é a nossa decisão?
 
Dois homens observavam outros dois, cada um levando um cartaz. Um cartaz dizia: “O mundo está quase para terminar”. O outro cartaz dizia: “O mundo nunca vai terminar.” Um dos observadores disse ao outro: “Um é pessimista e o outro é otimista. Mas eu não sei quem está certo”.
 
Assim é o mundo: sempre há os que predizem o fim e os que acham que o fim não virá. Mas, a verdade é que Deus não está impressionado com o que os outros pensam. Ele tem Seu plano de que Jesus volte e Ele voltará. Deus não é pessimista e nem otimista. Ele é real, realista. E nós Cristãos? Ouvimos o que Deus tem dito na Sua palavra sobre a situação do mundo? O que entendemos sobre o fim do mundo, sobre a volta de Cristo?
 
É de suma importância entendermos o que aconteceu com aquela profecia dos Maias e aproveitarmos a oportunidade para fazermos uma  verdadeira interpretação sobre esse tema “O Fim do Mundo e Volta de Cristo”, senão vejamos:  Nós vimos que a PREFECIA DO POVO MAIA  não  passou de mais uma estratégia de satanás, pois seu intuito sempre é enganar as pessoas com respeito ao fim do mundo, usando falsos profetas. É MUITO FÁCIL APERCEBER SEU ENGANO NESSA FALSA PROFECIA DO POVO MAIA, NO SIMPLES FATO DE QUE NÃO EXISTE FIM DO MUNDO SEM A VOLTA DE CRISTO E, ELE(INIMIGO) OMITIU ISTO. O próprio Jesus Cristo nos orientou sobre isto:

 “Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai” .(Mateus 24: 36) "Mas daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos que estão no céu, nem o Filho, senão o Pai” .(Marcos 13: 32). Jesus ergueu a voz em advertência e disse ainda: "Acautelai-vos dos falsos profetas que se vos apresentam disfarçados em ovelhas, mas por dentro são lobos roubadores. Pelos seus frutos os conhecereis." (Mat. 7:15 e 16). Assim diz o Senhor dos Exércitos: “Não deis ouvidos às palavras dos profetas que entre vós profetizam e vos enchem de vãs esperanças; falam as visões do seu coração, não o que vem da boca do Senhor." (Jer. 23:16). "Se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! ou: Ei-Lo ali! não acrediteis; pois surgirão falsos cristos e falsos profetas, operando sinais e prodígios, para enganar, se possível, os próprios eleitos. Estais vós de sobreaviso; tudo vos tenho predito." (Mar. 13:21-23). 

Mas a grande estratégia, objetivo, ardis de satanás com esses enganos, com essas falsas profecias é criar um descrédito na Volta de Cristo, nos sinais do fim do mundo, nos sinais da Volta de Jesus Cristo, pois fazendo assim as pessoas cada vez mais zombarão, escarnecerão dos que pregam a verdade: que um Dia Jesus voltará e será o fim do mundo e Ele mesmo restaurará esta Terra e habitaremos numa nova terra onde existirá Justiça. Tinha até uma série da Rede Globo nesse sentido, zombando sobre o fim do mundo. Na moral da história, zombando sobre a Volta de Jesus Cristo e perguntava ainda o que você faria se o mundo fosse acabar?

Ellen White diz como estratégia, como ponto culminante, no grande drama do engano é que: ” O próprio Satanás personificará Cristo. A igreja tem há muito tempo professado considerar o advento do Salvador como a realização de suas esperanças. Assim, o grande enganador fará parecer que Cristo veio. Em várias partes da Terra, Satanás se manifestará entre os homens como um ser majestoso, com brilho deslumbrante, assemelhando-se à descrição do Filho de Deus dada por João no Apocalipse (cap. 1:13-15). A glória que o cerca não é excedida por coisa alguma que os olhos mortais já tenham contemplado. Ressoa nos ares a aclamação de triunfo: "Cristo veio! Cristo veio! O povo se prostra em adoração diante dele, enquanto este ergue as mãos e sobre eles pronuncia uma bênção, assim como Cristo abençoava Seus discípulos quando aqui na Terra esteve. Sua voz é meiga e branda, cheia de melodia. Em tom manso e compassivo apresenta algumas das mesmas verdades celestiais e cheias de graça que o Salvador proferia; cura as moléstias do povo, e então, em seu pretenso caráter de Cristo, alega ter mudado o sábado para o domingo, ordenando a todos que santifiquem o dia que ele abençoou. Declara que aqueles que persistem em santificar o sétimo dia estão blasfemando de Seu nome, pela recusa de ouvirem Seus anjos à eles enviados com a luz e a verdade. É este o poderoso engano, quase invencível. Mas o povo de Deus não será desencaminhado. Os ensinos deste falso cristo não estão de acordo com as Escrituras. E, demais, não será permitido a Satanás imitar a maneira do advento de Cristo. O Salvador advertiu Seu povo contra o engano neste ponto, e predisse claramente o modo de Sua segunda vinda. "Surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. ... Portanto se vos disserem: Eis que Ele está no deserto, não saiais; eis que Ele está no interior da casa, não acrediteis. Porque, assim como o relâmpago sai do Oriente e se mostra até ao Ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem." (Mat. 24:24-27)
Não há possibilidade de ser imitada esta vinda. Será conhecida universalmente, testemunhada pelo mundo inteiro. 
 
Apenas os que forem diligentes estudantes das Escrituras, e receberem o amor da verdade, estarão ao abrigo dos poderosos enganos que dominam o mundo. Pelo testemunho da Bíblia estes surpreenderão o enganador em seu disfarce. Para todos virá o tempo de prova. Pela cirandagem da tentação, revelar-se-ão os verdadeiros cristãos. Acha-se hoje o povo de Deus tão firmemente estabelecido em Sua Palavra que não venha a ceder à evidência de seus sentidos? Apegar-se-á nesta crise à Bíblia, e a Bíblia só? Sendo possível, Satanás os impedirá de obter o preparo para estar em pé naquele dia. Disporá as coisas de tal maneira a lhes obstruir o caminho; embaraçá-los-á com os tesouros terrestres; fá-los-á levar um fardo pesado, cansativo, a fim de que seu coração se sobrecarregue com os cuidados desta vida, e o dia de prova venha sobre eles como um ladrão”.
 
Enfim, amigos a coisa vai apertar, por isto o que Deus realmente requer de cada um de nós é preparação, preparação, esta é a palavra de ordem, é um segredo para nós. Assim como satanás tem seus ardis, Deus tem seus planos e na grande estratégia Deus preparou tudo para não sermos enganados, motivo pelo qual Ele nos avisou sobre os Sinais da volta, pois Ele mesmo disse: “ E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. E então verão vir o Filho do homem numa nuvem, com poder e grande glória.Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima. E disse-lhes uma parábola: Olhai para a figueira, e para todas as árvores; Quando já têm rebentado, vós sabeis por vós mesmos, vendo-as, que perto está já o verão. Assim também vós, quando virdes acontecer estas coisas, sabei que o reino de Deus está perto. Em verdade vos digo que não passará esta geração até que tudo aconteça. Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não hão de passar. E olhai por vós, não aconteça que os vossos corações se carreguem de glutonaria, de embriaguez, e dos cuidados da vida, e venha sobre vós de improviso aquele dia. Porque virá como um laço sobre todos os que habitam na face de toda a terra. Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem”.( Lucas 21:25-36).
 
Então, em resumo, os sinais da Sua volta serve para nós nos prepararmos, por exemplo, esta mesma falsa profecia do povo Maia que o mundo iria  acabar naquela data é mais um sinal que Jesus está voltando, ou seja, o sinal do aparecimento de falsos profetas. Agora jamais os sinais serve para nós marcamos data e dia do fim do mundo e da Volta de Cristo. 
 
Ellen White diz o seguinte: “Deus pôs sob o Seu domínio os tempos e as estações. E por que nos não concedeu Deus esse conhecimento? Porque se no-lo concedesse, não faríamos dele uso correto. Desse conhecimento resultaria um estado de coisas tal entre nosso povo que retardaria grandemente a obra de Deus na preparação de um povo que subsista no grande dia que está para vir. Não nos devemos absorver com especulações relativas aos tempos e estações que Deus não revelou. Jesus mandou que os discípulos "vigiassem", mas não por um tempo determinado. Seus seguidores devem estar na situação de quem espera as ordens do seu comandante; devem vigiar, esperar, orar e trabalhar à medida que se aproxima o tempo da vinda do Senhor; mas ninguém poderá predizer justamente quando chegará esse tempo, porque "daquele dia e hora ninguém sabe". (Mat. 24:36)

Não podereis dizer que Ele virá daqui a um ano, ou dois, ou cinco anos, nem deveis postergar a Sua vinda com declarar que não se dará antes de dez ou vinte anos. ... Não nos é dado saber o tempo definido, nem do derramamento do Espírito Santo, nem da vinda de Cristo. Review and Herald, 22 de março de 1892”.

“Aproximamo-nos do grande dia de Deus. Os sinais estão-se cumprindo. E, no entanto, não temos uma mensagem que nos diga o dia e a hora do aparecimento de Cristo. O Senhor ocultou isso prudentemente de nós, para que sempre estejamos num estado de expectativa e de preparação para o segundo aparecimento de nosso Senhor Jesus Cristo nas nuvens do céu. Carta 28, 1897”. 
 
E por fim, diz ainda: “ Deus não dá a nenhum homem uma mensagem de que decorrerão cinco, dez ou vinte anos antes que termine a história deste mundo. Ele não quer dar um pretexto para os seres viventes adiarem a preparação para o Seu aparecimento. Não quer que alguém diga a mesma coisa que o servo infiel: "Meu Senhor está demorando muito para voltar", pois isso conduz a temerária negligência das oportunidades e privilégios concedidos para preparar-nos para aquele grande dia. Review and Herald, 27 de novembro de 1900”. 

Marcação de data para o fim do mundo, não passa de um tremendo engano, de uma tremenda malvadeza de satanás, mas o segredo é preparação, pois quando Jesus decidir voltar estejamos prontos para morar para sempre com Ele, pois Ele foi preparar um lugar para mim e você.


  
Saulo Muniz - Evangelista Uneb

Nenhum comentário:

Postar um comentário